Espiritualidade é diferente de religião, segundo Harold Koenig, psiquiatra e professor da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, a religiosidade é a busca pessoal pelo entendimento de respostas à questões sobre a vida, seu significado e relações com o sagrado, podendo ou não estar relacionado à propostas religiosas. 

Estudos científicos comprovam que a fé e a espiritualidade podem auxiliar no tratamento e desfecho de muitas enfermidades. Elas podem reforçar o sistema imunológico, atenuar o desenvolvimento de doenças crônicas, reduzir o risco de problemas cardiovasculares e diabetes, melhorar a qualidade de vida, diminuir a violência e trazer sentido à vida de cada um.

Um estudo realizado na Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto, mostrou que a religiosidade fortalece pacientes que lutam contra o câncer. Nos Estados Unidos, uma pesquisa desenvolvida pela Universidade de Duke, na Carolina do Norte, comprovou que pacientes que se valem de práticas religiosas apresentaram 40% menos chances de sofrerem depressão durante o tratamento não apenas do câncer, mas das doenças em geral. Ao que tudo indica, a fé representa um reforço para o sistema imunológico.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta a espiritualidade como um fator positivo na saúde psíquica, social, biológica e de promoção do bem-estar do ser humano. 

As pessoas espiritualizadas são menos agressivas, mais altruístas e solidárias. 

Cultive a sua fé, sua espiritualidade, sua forma de conexão com o sagrado.⁣

Adicionar comentário

Cariri Inovação © 2022 All rights reserved.